8 de agosto de 2017

Mourinho tem razão - Neymar não foi caro


Mourinho tem (mais uma vez) razão – Neymar não foi caro.
Custou muito dinheiro, o que é bem diferente de ser caro.
O valor da transferência (222 milhões de euros) é brutal.
Mas as receitas que vai gerar também o serão.
Desde logo, como alguns mais atentos fizeram notar, Neymar vai ser a cara do muito discutido Mundial no Qatar, o país mais rico do Planeta.
Só essa utilização da imagem do brasileiro vale muito dinheiro.
A mesma imagem que vai ser utilizada até à exaustão pelo Paris Saint Germain.
Já o começou a ser, aliás.
Ver a Torre Eiffel iluminada, e com o nome do brasileiro em destaque, não deixa margem para dúvidas acerca dessa fortíssima probabilidade.
Não tenhamos ilusões – Neymar custou muito dinheiro, vai ganhar muito dinheiro, mas vai dar muito dinheiro a ganhar.
O problema, como Mourinho bem referiu, é o efeito inflacionista que a transferência do brasileiro vai provocar.
Num mercado cada vez mais enlouquecido, como acontece com o mercado de transferências de jogadores de futebol, o efeito Neymar, um futebolista extraordinário, muito provavelmente só ultrapassado por Ronaldo e Messi, fará sentir-se no valor dos passes de outros jogadores, muitos deles pouco mais que vulgares, e que passarão a custar verdadeiras fortunas.
Mourinho tem razão – Neymar custou muito dinheiro mas não foi caro.
Caros vão ser os passes dos jogadores que vão ser negociados após a transferência de Neymar.

38 comentários:

  1. Concordo. Totalmente. Vai gerar muito dinheiro. Futebol não é apenas homens a dar pontapés numa bola, como li em qualquer lado. Um comentário idiota, por sinal. Estou a ofender alguém e não sei quem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está nada a ofender, Catarina.
      Essa é a pura realidade.
      O futebol é, mais e mais, um negócio gigantesco.
      Só não vê isso quem quer ser cego.
      O processo da transferência de Neymar é só mais recente episódio dessa realidade.
      Vamos esperar por outros que se vão seguir.
      A começar com Mbappe.

      Eliminar
  2. Não vou pronunciar-me sobre o montante transferência estratoférica.
    Mas digo que Neymar deu um tiro nos pés ao optar pelo PSG na sua carreira como futebolista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neymar estava na sombra de Messi e Ronaldo, João Menéres.
      No PSG ele é A estrela.
      E acha que terá mais hipóteses de ser um sério candidato à Bola de Ouro.
      Para além da fortuna que vai ganhar, obviamente.

      Eliminar
  3. E ele tem uma carinha "convidativa",
    a ser fotogénico também, grande artista !!!
    as raparigas que se cuidem, senão perdem as primeiras páginas ?
    feliz dia Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso ajuda e muito, Angela.
      Veja o caso do Ronaldo.
      Custou cerca de cem milhões.
      Que seriam recuperáveis em dois anos dizia então Jorge Valdano.
      Ao fim de meia dúzia de meses não só já tinha sido recuperado o investimento como já estava a dar lucro.
      Com este vai ser muito semelhante.
      Especialmente com o Qatar a meter dinheiro e a usar a imagem dele para promover o Mundial.
      Dia feliz para a Angela também

      Eliminar
    2. Este vai EXPLODIR com a escala.
      Tem uma imagem muito mais apelativa. E no que respeita ao Qatar, tem aquele ar exótico, de quem podia ser originário do país. E isso é importante para os que querem se integrar ou para os que se querem identificar. Imagina o povo do Qatar, os ricaços do petróleo, a se identificarem com um brancolas louro e com olhos azuis como o David Beckam... not.

      Eliminar
    3. Não é isso que mais interessa às autoridades do Qatar, Portuguesinha.
      Até podia ser loiro e de olhos azuis.
      Se fosse famoso e vendesse bem era esse que aproveitavam.
      Actualmente é Neymar.
      Porque tem boa imagem e porque a polémica o tornou ainda mais famoso.

      Eliminar
  4. Não tenho nada contra o rapaz mas acho que o mundo de futebol está a tornar-se (se já não o é) num pantanal de milhões e milhões numa teia dantesca e que se estes jovens não tiverem juízo, como muitos no passado, acabam depois na miséria.

    Que tenha sorte e Mourinho tem razão no que diz!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É brutal, Fatyly.
      Mas é uma realidade com a qual vamos ter que ser viver e conviver.
      Há já alguns anos o então Papa João Paulo II insurgiu-se com os valores da transferência de Roberto Baggio para a Juventus.
      O equivalente a cinco milhões de euros.
      Que é o que custa hoje o passe de um qualquer banana que ninguém conhece.
      E é isso que Mourinho afirma com toda a razão.
      Depois de Neymar, o Zé dos Plásticos, que custava 1 milhão, vai passar a custar 10.
      E nem 1 valia.
      Beijocas

      Eliminar
  5. Eu imagino a pressão psicológica que esse miúdo vai começar a viver. Saberá lidar com isso? Por um lado, deixa de estar murado pelo CR e Messi, mas, por outro, a responsabilidade de corresponder a tamanhas expetativas é brutal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na hora de decidir ele terá decidido muito sozinho, muito pela própria cabeça, Célia.
      E contra os conselhos do pai.
      Se der barraca só se pode queixar dele próprio.

      Eliminar
    2. Pelo pouco que sei acho que ele vai fazer sucesso e talvez ate suplantar os «cotas» do cr7 e messi.

      Eliminar
    3. Neymar não tem a(s) qualidade(s) de Ronaldo ou Messi, Portuguesinha.
      Virá logo atrás juntamente com Griezmann talvez.

      Eliminar
  6. bom dia
    O mundo do futebol felizmente ou infelizmente chegou a estas situações um tanto insólitas , mas só compra quem quer e quem tem possibilidades para isso . não sei como será daqui a vinte anos se as coisas continuarem nestes moldes. uma coisa é certa , é pena que esses milhões não tenham vindo para Portugal.
    JAFR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Portugal é um bom exemplo do que o Mourinho diz, Joaquim Rosa.
      Com o Porto alegadamente a querer obrigar o PSG a bater a cláusula de rescisão do Danilo para o deixar sair.
      O que é que o Danilo fez até hoje para justificar uma transferência no valor de 60 milhões de euros?
      Sou portista, não sou cego.

      Eliminar
  7. Aprecio muito futebol( o jogo em si ,entenda-se), mas considero obsceno esta loucura de tranferências com tantos milhões envolvidos.

    Pergunto(-me) : qual a origem de tanto dinheiro ?! Para mim, não existem dúvidas de que muitissima lavagem de verbas sujas corre por aqui.

    ´Sim, caro é aquilo porque se paga e não presta.Obviamente não é o caso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta loucura não tem fim à vista, São.
      Pelo contrário, tem tendência a agravar-se.
      Quanto pagou o Manchester United pelos reforços que Mourinho pediu?
      E quanto pagará se efectivamente contratar Gareth Bale?

      Lavagem de dinheiro sujo?
      Quase de certeza.
      Tudo o que envolve jogo tem essa forte probabilidade.

      Neymar é um jogador extraordinário, uma máquina publicitária fenomenal.
      Business as usual.

      Eliminar
  8. Estes valores exorbitantes praticados no Mundo do Futebol são mais do que escandalosos! Chegam a ser imorais!
    Fico profundamente irritada e de nervos em franja com todas estas "megalomaníces" !
    (e nem escrevo mais nada para não dar trabalho à minha vesícula)

    Beijinhos a preço justo.
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São imorais, concordo.
      Mas não vão desaparecer, Afrodite.
      Vão agravar-se.
      Mourinho já está a passar o recado aos donos do Manchester United.
      Ele nunca dá ponto sem nó.
      Beijinhos

      Eliminar
  9. Acredito que foi um bom investimento para eles e que vai gerar boas rendas futuras.

    Blog | Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho dúvidas disso, Lizzie.
      O negócio do futebol.
      Que envolve muitos interesses e MUITO dinheiro.

      Eliminar
  10. Eu também acho que a análise de Mourinho e dos "financeiros" ligados "à bola" está perfeita por muito que isso nos custe !
    É realmente imoral, obsceno, escandaloso, mas é a realidade destes tempos ! ... e é isso ! O problema é a bola de neve que isto vai gerar ! O próprio jogador Neymar, longe de ser um Ronaldo ou um Messi, passou a ser detentor de "uma imagem" que pode influenciar os críticos, para que venham a votar nele como o melhor do mundo ! ... é a força do dinheiro !!!

    Abraço, Pedro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é um dos grandes objectivos do Neymar, Rui - brilhar intensamente no PSG e ser um dos candidatos à Bola de Ouro.
      No Barcelona estaria sempre na sombra de Messi e com Ronaldo por perto.
      Ali é ele e mais dez.
      Aquele abraço

      Eliminar
  11. Em entrevista à RTP, Mourinho também disse que estava tudo doido. Dou-lhe toda a razão. Se ninguém regular o mercado do futebol, entramos numa espiral que vai aniquilar o interesse pelas competições ( já de si reduzido a nível europeu)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A começar por ele próprio, Carlos.
      Quanto dinheiro é que ele já gastou no Manchester United?
      E quanto mais vai gastar?
      Para além de tudo o mais ele também está a passar o recado aos donos do Manchester United para abrirem os cordões à bolsa.

      Eliminar
  12. Concordo completamente e entrámos num outro patamar no mundo das transferências.
    Um abraço.
    Autógrafos Futebol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vem sendo assim há muitos, muitos anos, Francisco Emanuel.
      Agora foi Neymar.
      Daqui a dias será Mbappe.
      E depois outro e outro e outro.
      Aquele abraço

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Um mundo próprio, Gábi.
      Com lógicas e regras próprias.

      Eliminar
  14. Que maximo essa é a vida de um bom jogador, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  15. O futebol, enquanto "ópio do povo" transformou-se aos poucos numa vertiginosa industria de milhões, no seu todo de muitos e múltiplos milhares de milhões. E que os Árabes até tenham todos esses "petro" milhões e muitos, muitos mais não me admira; o que por vezes me admira é em países relativamente pobres como Portugal, mesmo durante profundas crises económico-financeiras nacionais: nos bancos, nas industrias várias, no Estado etc., etc., no entanto ao seu correspondente nível nacional face a outras nacionalidades mais poderosas, jamais faltem milhões no e para o futebol. O que por A+B leva a crer que seja quem for que verdadeiramente tem o dinheiro, não só não se importa, como mesmo faz questão de o investir no ópio do povo; não será por acaso que conheço pessoas que mal ganhando para os mais elementares gastos quotidianos _ vulgo para comer _ no entanto não se privam de ir ao futebol de cada vez que o seu clube de simpatia ou de filiação jogue em casa, em alguns casos até quando joga fora de casa. No fundo uma dependência é uma dependência e quem tem o dinheiro, por norma sabe pôr as dependências a render em seu favor, no limite até sustentando-as... o caso Neymar parece-ma paradigmático, com benefício dalguns e prejuízo de muitos outros...
    Enfim, pano para mangas!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O futebol é, quer se queira quer não, um negócio gigantesco, Victor Barão.
      Os tempos da minha Académica ("Primeiro o homem, depois o jogador") há muito foram ultrapassados e não voltarão mais.
      O negócio futebol é demasiado importante, envolve demasiados interesses, para poder voltar atrás.
      Precisa de maior regulação?
      Acredito que sim.
      Há coragem para isso?
      Tenho sérias dúvidas.
      Aquele abraço

      Eliminar
  16. Nesse universo futubolísco é fácil para mim entender isso do valor. É claro que têm o olho no burro... o que ele vai gerar vai suplantar o investimento.

    Os valores são o que são... Porque se rezam pela tal probabilidade dos valores das receitas geradas. Também concordo com o Mourinho: não foi caro.

    Só tenho curiosidade em saber onde vai o jogador colocar o seu dinheiro... E quanto é que o governo vai querer em troca. E qual governo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os impostos vão ser pagos em França, Portuguesinha.
      Aliás isso até já foi publicamente referido.

      Onde é que ele vai aplicar o dinheiro é que não se sabe.

      Estamos de acordo - custou muito dinheiro, não foi caro.

      Eliminar
  17. Eu pergunto. Quem paga?. O futebol entrou numa espiral demencial, logo estúpida. A bola é uma bolha que não é o universo, quero dizer, não tem expansão infinita.
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso a resposta é fácil, Agostinho - quem paga é o Qatar, o país mais rico do Planeta e que está disposto a gastar o que for para se promover através do PSG e dos seus jogadores.
      Dinheiro não falta, o que falta é prestígio.
      E é isso que o Qatar está a tentar comprar.

      Eliminar