30 de outubro de 2015

Sexo depois de uma cirurgia


Um recente artigo no Correio da Manhã informava que uma mulher, Ana Martinho, pôs um processo ao Hospital S. José, alegando que logo após ter sido submetido a uma operação cirúrgica naquele hospital, o seu marido tinha perdido por completo o interesse pelo sexo.
Um representante do hospital respondeu somente isto:
“Estimada senhora Ana Martinho: o seu marido foi admitido em Oftalmologia, e tudo o que lhe fizemos foi corrigir a miopia.” 

BOM FIM-DE-SEMANA!

(Segunda-feira não há blogue - feriado em Macau) 

Uma morena vai ao médico



Uma jovem morena vai a um consultório médico e queixa-se de que todos os lugares do seu corpo doem quando ela os toca.
- Impossível - diz o médico - mostre-me como isso acontece.
Então, ela encosta o dedo no seu próprio ombro e grita de dor.
Depois ela encosta o dedo na perna e grita.
Encosta no cotovelo e grita, e assim por diante.
 Em qualquer lugar em que ela se tocava, ela gritava.
O doutor perguntou:
- Você não é morena natural pois não?
- Não! Na verdade eu sou loira!!!
- Foi o que eu pensei ! -, diz o médico
- O seu dedo está partido !

Chávenas de chá



Um dia a minha mamã saiu e o meu papá ficou a tomar conta de mim. 
Eu tinha então perto de 2 anos e meio e estava a convalescer de um pequeno acidente. 
Nessa altura alguém deu-me um serviço de chá miniatura que se tornou um dos meus brinquedos preferidos. 
Certo dia o papá estava na sala assistindo atentamente ao Telejornal, enquanto eu, brincando com o meu novo serviço, ia-lhe servindo chávenas de "chá" que, naturalmente, era só água... Depois dele ter bebido - e elogiado constantemente o meu "chá", a mamã chegou a casa.
O papá empatou a mamã na sala para que ela pudesse ver-me a trazer-lhe mais uma chávena de "chá" pois ele estava absolutamente "derretido" comigo.
A mamã esperou e viu-me chegar orgulhosa com mais uma chávena de "chá" e assistiu espantada ao ar deliciado com que o papá o bebeu até ao fim.
Mal o meu papá acabou de beber, a mamã (como só uma mãe saberia fazer) disse-lhe: 
- "Ouve lá: alguma vez te passou pela cabeça que o único lugar com água a que ela chega cá em casa é a sanita????"

29 de outubro de 2015

Melhor ser rainha por um dia do que duquesa toda a vida


A frase, de origem popular,  é atribuída a D. Luísa de Gusmão, primeira rainha de Portugal da quarta dinastia.
Mais ao gosto dos historiadores, esta frase deverá ser reformulada para "é melhor morrer reinando do que acabar servindo".
Do século XVII para o século XXI muito pouco parece ter mudado nas mentalidades de quem aspira aceder aos mais altos cargos públicos. 
Porque terá sido este, ou algo muito semelhante, o argumento que Pedro Passos Coelho terá apresentado a todos os que aceitaram integrar um executivo que se anuncia de vida muito curta.
E é também o argumento que motiva os partidos que se preparam para derrubar esse executivo e que aspiram substituí-lo.
A ideologia dá lugar ao pragmatismo, a ambição sobrepõe-se ao bom-senso.
A História tem esta característica muito curiosa - a repetição de cenários e acontecimentos em períodos e circunstâncias em tudo diferentes.
D. Luísa de Gusmão foi regente de Portugal na menoridade de D. Afonso VI.
Pedro Passos Coelho deverá ser "regente" por muito pouco tempo.
Quem "reinará" a seguir, e por quanto tempo, são as dúvidas que agora se colocam.

Intemporais (3)

28 de outubro de 2015

Apostas ousadas


Quatro biliões de dólares de investimento, aposta decidida no mercado de massas, em componentes non gaming (esperemos que seja para manter...), uma inauguração cheia de glamour e estrelas, aí está o Macau Studio City, o mais recente investimento da dupla Lawrence Ho/James Packer, a dupla que criou e dirige a Melco Crown.
Muito para além do brilho das estrelas - Mariah Carey (namorada de James Packer), Martin Scorsese, Robert De Niro, Leonardo Di Caprio - o Macau Studio City chama a atenção pela ousadia e visão de James Packer e Lawrence Ho.
A aposta nas componentes non gaming, no entretenimento, na restauração, no retalho, deixam sempre alguma desconfiança.
É muito fácil mudar de ideias e fazer desaparecer, sem ser necessário o contributo dos mágicos que vão actuar nos espaços dedicados ao ilusionismo neste novo empreendimento, estes espaços e substitui-los por qualquer outra valência (gaming ou non gaming).
Ainda assim, reconheça-se, uma aposta ousada.
Mas não tão ousada, prospectiva, visionária até, como a que é feita no mercado de massas em detrimento do jogo VIP.
Lawrence Ho e James Packer, atentos ao feroz combate à corrupção no interior da China, viram-se decididamente para a possibilidade de vir a ser alargado o número de visitantes em Macau depois de finalizados os grandes projectos de obras públicas em curso.
E apostam todas as fichas na possibilidade de Macau vir a atingir os 31 milhões de visitantes anualmente, a esmagadora maioria dos quais pertencentes a uma crescente e cada vez mais endinheirada classe média chinesa.
No imediato faz todo o sentido ter esta ousadia.
A médio/longo prazo, tal com com as componentes non gaming, poderá haver alterações.
Têm a palavra as autoridades centrais e tudo dependerá das políticas que estas venham a adoptar no futuro.

A PROPÓSITO DO "EXERCÍCIO FÍSICO"

Está provado que por cada minuto de exercício, aumenta-se o nosso tempo de vida em um minuto. Isso permite-nos que, aos 85 anos, possamos ficar mais 5 meses num lar de terceira idade pagando, 1.500€ por mês.




A minha avó começou a andar 5 quilómetros por dia quando tinha 60 anos. Agora tem 97 anos e não fazemos a menor ideia onde é que ela está.






A única razão por que voltei a fazer exercício, foi para voltar a ouvir respiração ofegante. eh eh





Inscrevi-me num ginásio o ano passado, gastei cerca de 200€. Não perdi nem 1 quilo. Só depois é que me explicaram: - Parece que é preciso ir lá.







Eu tenho que me exercitar logo de manhã, antes que o meu cérebro perceba o que eu estou a fazer.






Gosto de longos passeios, especialmente quando são dados por pessoas que me chateiam.






Tenho ancas flácidas, mas felizmente o meu estômago esconde-as.





A vantagem de nos exercitarmos diariamente é que se morre mais saudável.





Se vai percorrer um país a pé, escolha um país pequeno.

E por último:






Podia ir a correr entregar isto aos amigos, mas... é mais cómodo publicar aqui!

27 de outubro de 2015

Bater no fundo

A política em Portugal terá batido no fundo.
Fundo que foi encontrado pelos dois mais altos magistrados da nação em dois discursos absolutamente deploráveis.


Primeiro foi o Presidente da República.
Se nada há a objectar, em termos jurídico-constitucionais, relativamente à decisão de indigitar Pedro Passos Coelho como primeiro-ministro, já o tom e o conteúdo do discurso de Cavaco Silva são do mais infeliz que se lhe viu e ouviu.
O Presidente da República tem que se limitar a indicar quem indigita para formar governo e porquê.
Enviar recados a outro órgão de soberania (Assembleia da República) é (era) impensável.
Mas Cavaco Silva achou que tinha toda a autoridade e legitimidade  para o fazer.
Conseguiu assim  protagonizar (mais) um momento muito infeliz na política portuguesa.


Infelizmente, o recém eleito Presidente da Assembleia da República, resolveu seguir pelo mesmo caminho.
Ferro Rodrigues, no discurso de tomada de posse, atacou outro órgão de soberania (Presidente da República), imitou Cavaco Silva ao comportar-se como militante de um partido e não como titular de um dos mais altos cargos públicos.
Quando o Presidente da República ataca a Assembleia da República, e o Presidente da Assembleia da República responde atacando o Presidente da República, só podemos desejar que se tenha efectivamente batido no fundo.
Porque descer mais do que isto parece mesmo ser impossível.

Existe vida inteligente na Terra?


26 de outubro de 2015

Quatro filhos


Um homem tinha quatro filhos.
O Governo anunciou que as famílias que tivessem cinco filhos teriam 15.000 € por mês, de ajuda (abono de família) para sustentar a família.
O homem disse imediatamente à mulher:
"Filha, eu devo admitir ! Tenho um filho com a minha amante e vou buscá-lo ..."
Ela olhou para ele chocada, mas ele não podia esperar e saiu a correr para ir buscar o filho.
Quando ele voltou, ficou surpreso ao ver apenas dois dos seus filhos e perguntou à sua mulher:
" Filha, onde estão os outros dois filhos ? "
Ela respondeu:
"Tu não foste a única pessoa que ouviu o anúncio. O pai deles veio buscá-los."

(Todas do cancioneiro do FerreirAmigo)

BOA SEMANA!!

Alentejana


Para não serem só anedotas de alentejanos, hoje vai uma de alentejanas.

Uma Alentejana entra numa farmácia e pede uma garrafa de frequência.
O farmacêutico olha e diz:
- Desculpe-me, nos meus 30 anos de experiência na profissão, nunca ouvi falar desse produto. É algum novo tipo de perfume?
A alentejana respondeu:
- Ê cá na sê!O dotôri disse-me que aquando ê tiver lôca com comichão na perseguida, pra me lavar com "Frequência"!

Nada de curas



Estavam um inglês, um alemão e um português num café quando o inglês diz aos outros: 
Esse que entrou aí é igualzinho ao Jesus Cristo. 
Pois, pois - dizem os outros. 
Estou-vos a dizer. A barba, a túnica.... 
O inglês levanta-se, dirige-se ao homem e pergunta: 
Tu és Jesus Cristo, não é verdade? 
Eu? Que ideia! 
Eu acho que sim. Tu és Jesus Cristo. 
Já disse que não. Mas fala mais baixo. 
Eu sei que tu és Jesus Cristo 
Tanto insiste que o homem lhe diz baixinho: 
Sou efectivamente Jesus Cristo mas fala baixo e não digas a ninguém senão isto fica aqui um pandemónio. 
Fiz uma lesão no joelho em pequeno. Cura-me. 
Milagres não. Tu vais contar aos teus amigos e eu passo a tarde a fazer milagres. 
O inglês tanto insiste que Jesus Cristo põe-lhe a mão sobre o joelho e cura-o. 
Obrigado. Ficarei eternamente grato - agradece, emocionado, o inglês. 
Sim, sim. Não grites e vai-te embora. Não contes a ninguém. 
O inglês, mal chegou à mesa, contou aos amigos. 
O alemão levantou-se logo e dirigiu-se a ele. 
O meu amigo disse-me que eras Jesus Cristo e que o curaste. Tenho um olho de vidro. Cura-me. 
Não sou nada Jesus Cristo. Fala baixo. 
O alemão tanto insistiu que Jesus Cristo passou-lhe a mão pelos olhos e curou-o. 
Vai-te agora embora e não contes a ninguém. 
Mas Jesus Cristo bem o viu a contar a história aos amigos e ficou à espera de ver o português ir ter com ele.
O tempo foi passando e nada. 
Mordido pela curiosidade dirigiu-se à mesa dos três amigos e, pondo a mão sobre o ombro do português, começou a perguntar: 
E tu, não queres que.... 
O português levanta-se de um salto, afastando-se dele: 
Eh, tira as mãozinhas. Nada de curas que eu estou de baixa!!! 

23 de outubro de 2015

O polícia da esquadra 190


O policia da esquadra do número 190 atendeu o telefone e foi anotando o pedido de Socorro:
-Por favor mandem alguém urgentemente, entrou um gato em casa!!!
-Mas como assim? Um gato em casa?
-Um gato!!! Ele invadiu a minha casa e está a caminhar na minha direcção!!!
-Você quer dizer um ladrão?
-Não! Estou falando de um gato mesmo, desses que fazem miau, miau e ele está a vir na minha direcção!!! 
Vocês têm de vir agora!!!
-Mas o que tem de mais um gato a ir na sua direcção?
-Ele vai me matar, ora bolas!!! E vocês serão os culpados!!!
-Quem está falando?
-O papagaio porra!!!

BOM FIM-DE-SEMANA!!

FALA EVARISTO!


Uma senhora queria comprar um papagaio e vai à loja de animais.
O jovem vendedor informa que só tem um papagaio, mas que ele tinha pertencido à dona de um puteiro e, por isso, seu vocabulário não era dos melhores.
A senhora não se importou, e disse que iria educar o lourinho novamente.
Quando chegou em casa, o papagaio começou: 
- Nova casa, nova cafetina.
A senhora riu, enquanto suas filhas chegavam da escola.
As meninas vão olhar o papagaio, que diz: 
- Nova casa, nova cafetina, novas putas.
As filhas não podem deixar de rir e esperam o pai, o Pastor Evaristo, ver o papagaio.
O pai chega em casa, e o papagaio começa de novo:
- Nova casa, nova cafetina, novas putas, mas os mesmos clientes. 
Fala, Evaristo!

3ª idade no seu melhor


José e João, são dois amigos que se encontram todos os dias no Parque para dar de comer aos pombos e falar dos problemas do Mundo.
Um dia, o João não apareceu.
O José não pensou muito nisso pois calculou que o amigo pudesse ter-se constipado ou coisa parecida. Mas, depois de uma semana sem o João aparecer, José preocupou-se realmente.
Como, no entanto, o único tempo que passavam juntos era no Parque, José não fazia a menor ideia da morada do João e como tal, era incapaz de descobrir o que teria acontecido.
Passou-se um mês, e José pensou que nunca mais veria o seu amigo João.
Um dia, ao regressar ao seu banco habitual no Parque, reparou que já lá estava sentado, o seu amigo João.
José, ficou feliz por vê-lo, a ponto de lho dizer e passado o momento inicial do reencontro, disse-lhe:
- Francamente, João, o que é que lhe aconteceu ?
- Estive preso !
- Preso ? ! Mas a que propósito ?
- Olhe... sabe daquela loirinha muito gira que trabalha ali no café da esquina onde vou às vezes ?
- Sim, lembro-me muito bem dela ! O que é que lhe aconteceu ?
- Bem, a ela, nada, mas queixou-se de mim, à Polícia, "por violação". Fui a tribunal e é claro, que eu, com 89 anos fiquei tão orgulhoso que me declarei logo CULPADO ! Então, não é que o sacana do Juiz, me aplicou 30 dias de prisão por... "Faltar à verdade" ?

22 de outubro de 2015

Para se repetir o cenário a que assisti há trinta anos só falta haver dissidentes no PS


Já aqui tinha escrito que assisti em primeira fila a um cenário político muito semelhante ao que está acontecer em Portugal.
Foi há cerca de trinta anos, numas eleições autárquicas, a nível de freguesia.
Também então tudo se conjugava para que os vencedores das eleições, que tinham quatro elementos eleitos, se vissem ultrapassados na assembleia de freguesia por uma aliança entre o segundo partido mais votado (três elementos) e o terceiro (dois elementos).
Reuniões entre os dois partidos que procuravam tomar o poder, estratégia acertada, até que apareceu o tal incómodo grão de areia que pode fazer paralisar toda a engrenagem.
Foi no dia de instalação da assembleia de freguesia e a carta que os vencedores tinham na manga passava pela sedução de um dos elementos do segundo partido mais votado (curiosamente também era o PS...) que acabou por repor justiça afastando um golpe com um contra-golpe.
Já se percebeu o que vai acontecer em Portugal nos próximos dias.
Cavaco Silva vai empossar Pedro Passos Coelho como primeiro-ministro.
Pedro Passos Coelho irá então formar governo.
Que será alvo de uma moção de censura, da iniciativa do PCP, apoiada por PS e Bloco, na primeira reunião plenária da Assembleia da República.
O governo recém empossado cairá imediatamente, numa reedição a nível político do célebre romance de Gabriel Garcia Marquez "Crónica de uma Morte Anunciada".
A menos que...a menos que se repita o tal cenário de há trinta anos e haja dissidências dentro do grupo parlamentar do PS (dentro do partido há tantas tendências que tudo é possível) que baralhem todas estas contas.
Déjà vu??

Intemporais (2)

20 de outubro de 2015

Steve Wynn deu um murro nas mesas


Steve Wynn não está nada contente com a política do Executivo da RAEM no que concerne ao crescimento do número de mesas de jogo permitido aos operadores nos seus novos projectos.
E disse-o abertamente, com muito barulho, com muita projecção mediática.
Steve Wynn, o mesmo que declarou muito recentemente - "I'm a Macau boy" -  ainda não percebeu que não é com berraria, e em público, que se tratam as questões que envolvem entidades privadas e autoridades governamentais chinesas.
As mesmas autoridades que há muito tempo vêm batendo a tecla da diversificação económica, da necessidade de diversificação de oferta turística, da necessidade de oferta de produtos non gaming por parte das operadoras.
Operadoras que fazem orelhas moucas e vão pedindo mais mesas, mais espaços de jogo puro e duro.
Mas há uma grande diferença na maneira como o pedem.
Steve Wynn berra e achincalha a política do Executivo da RAEM.
Simultaneamente, Lawrence Ho, conhecedor do mindset chinês, afirma que deseja que o Executivo tenha em atenção os esforços feitos pela operadora que dirige e que a recompense com o maior número possível de mesas no projecto Studio City, o que até possibilitaria à operadora diversificar a sua oferta.
Será que esta grande diferença foi apontada por Lionel Leong no puxão de orelhas que deu a Steve Wynn?
E, se o foi, terá o magnata americano percebido que, para ser "Macau boy" não pode continuar a comportar-se como cowboy?


(Amanhã não há blogue - feriado do Chong Ieong) 

Homens inteligentes têm cão

Por que é que homens inteligentes têm cão ao invés de esposa: 
 



1.  Quanto mais atrasado chegares, mais feliz o teu cão fica quanto te vê.





2.  O cão não liga se o chamas pelo nome de outro cão.








3.  O cão gosta que deixes coisas espalhadas pelo chão.








4. A mãe do cão nunca te visita.








5. O cão aceita que aumentes a voz para argumentar.








6. Nunca precisas esperar por um cão; ele está pronto para sair 24 horas por dia.








7. O cão acha engraçado quando estás bêbado.








8. O cão gosta de sair para pescar e de ficar ao teu lado enquanto assistes ao futebol.








9. Um cão nunca te acorda de madrugada para perguntar: "Se eu morrer, vais ter outro cachorro?"










10. Se o cão tem filhos, podes anunciar no jornal e doá-los para outros.








11. O cão vai deixar-te colocar uma coleira nele sem te chamar de pervertido.








12. Se o cão sente o cheiro de outro cão em ti, ele não faz dramas nem escândalos. Ele acha interessante.








13. O cão gosta de passear no banco de trás do carro.







E por último, mas certamente não menos importante:








14. Se um cão se vai embora, ele não leva a metade das tuas coisas.



Para confirmar que tudo o que foi dito é verdade, faz o seguinte teste: 
Tranca a mulher e o cão na bagageira do carro. Meia hora depois abre-a e vê quem está feliz por te ver! 


19 de outubro de 2015

Ida ao médico - A Medicina na Voz do Povo (Actualização)



Carlos Barreira da Costa, médico Otorrinolaringologista da mui nobre e Invicta cidade do Porto, decidiu compilar no seu livro A Medicina na Voz do Povo, com o inestimável contributo de muitos colegas de profissão, trinta anos de histórias, crenças e dizeres ouvidos durante o exercício desta peculiar forma de apostolado que é a prática da medicina. 
E dele não resisti a extrair verdadeiras jóias deste tão pouco conhecido léxico que decidi compartilhar convosco. 

O DIÁLOGO COM UM PACIENTE COM PATOLOGIA DA BOCA, OLHOS, OUVIDOS, NARIZ E GARGANTA É SEMPRE UM DESAFIO PARA O CLÍNICO

> A minha expectoração é limpa, assim branquinha, parece, com sua licença, espermatozóides.
> Quando me assoo dou um traque pelo ouvido, e enquanto não puxar pelo corpo, suar, ou o cara#ho, o nariz não se destapa.
> Não sei se isto que tenho no ouvido é cera ou caruncho.
> Isto deu-me de ter metido a cabeça no frigorífico. Um mês depois fui ao Hospital e disseram-me que tinha bolhas de ar no ouvido.
> Ouço mal, vejo mal, tenho a mente descaída.
> Fui ao Ftalmologista, meteu-me uns parafusinhos nos olhos a ver se as lágrimas saíam.
> Tenho a língua cheia de Áfricas.
> Gostava que as papilas gustativas se manifestassem a meu favor.
> O dente arrecolhia pus, e na altura em que arrecolhia às imidulas, infeccionava-as.
> A garganta traqueia-me, dá-me aqueles estalinhos e depois fica melhor.

AS PERTURBAÇÕES DA FALA IMPACIENTAM O DOENTE

> Na voz sinto aquilo tudo embuzinado.
> Não tenho dores, a voz é que está muito fosforenta.
> Tenho humidade gordurosa nas cordas vocais.
> O meu pai morreu de tísica na laringe.

OS PROBLEMAS DA CABEÇA SÃO MUITO FREQUENTES 


  
> Há dias fiz um exame ao capacete no Hospital de S. João.
> Andei num Neurologista que disse que parti o penedo, o rochedo ou lá o que é....
> Fui a um desses médicos que não consultam a gente, só falam pra nós.
> Vem-me muitos palpites ruins, assim de baixo para cima....
> A minha cabecinha começa assim a ferver e fico com ela húmida, assim aos tombos, a trabalhar.
> Ou caiu da burra ou foi um ataque cardeal.

OS APARELHOS GENITAL E URINÁRIO SÃO OBJECTO DE QUEIXAS SUI GENERIS 

  >Venho aqui mostrar a parreca.
>  A minha pardalona está a mudar de cor.
>  Às vezes prega-se-me umas comichões nas barbatanas.
>  Tenho esta comichão na perseguida porque o meu marido tem uma infecção na ponta da natureza.
>  Fazem aqui o Papa Micau (Papanicolau)?
>  Quantos filhos teve? - pergunta o médico.
> - Para a retrete foram quatro, senhor doutor, e à pia baptismal levei três. 
>  Apareceu-me uma ferida, não sei se de infecção se de uma f#da mal dada.
>  Tenho de ser operado ao stick. Já fui operado aos estículos.
>  Quando estou de pau feito... a puta verga.
>  O Médico mandou-me lavar a montadeira logo de manhã.

AS DORES DA COLUNA E DO APARELHO MUSCULAR E ESQUELÉTICO SÃO DIFÍCEIS DE SUPORTAR 

> ● Metade das minhas doenças é desfalsificação dos ossos e intendência para a tensão alta.
> ● O pouco cálcio que tenho acumula-se na fractura.
> ● Já tenho os ossos desclassificados.
> ● Além das itroses tenho classificação ossal.
> ● O meu reumatismo é climático.
> ● É uma dor insepulcrável.
> ● Tenho artroses remodeladas e de densidade forte
> ● Estou desconfiado que tenho uma hérnia de escala.

O PORTUGUÊS BEBE E FUMA MUITO E DESCULPA-SE COM FREQUÊNCIA 

> ● Tomo um vinho que não me assobe à cabeça.
> ● Eu abuso um pouco da água do Luso.
> ● Não era ébrio nato mas abusava um pouco do álcool.
> ● Fujo dos antibióticos por causa do estômago. Prefiro remédios caseiros, a aguardente queimada faz-me muito bem.
> ● Eu sou um fumador invertebrado.

O APARELHO DIGESTIVO ORIGINA SEMPRE MUITAS QUEIXAS 

> ● Fui operado ao panquecas.
> ● Tive três úlceras: uma macho, uma fêmea e uma de gastrina.
> ● Ando com o fígado elevado. Já o tive a 40, mas agora está mais baixo.
> ● Eu era muito encharcado a essa coisa da azia.
> ● Senhor Doutor, a minha mulher tem umas almorródias que, com a sua licença, nem dá um peido.
> ● Tenho pedra na basílica.
> ● O meu marido está internado porque sangra pela via da frente e pinga pela via de trás.
> ● Fizeram-me um exame que era uma televisão a trabalhar e eu a comer papa.
> ● Fiz uma mamografia ao intestino.
> ● O meu filho foi operado ao pence (apêndice) mas não lhe puseram os trenós (drenos), encheu o pipo e teve que pôr o soma (sonda).

OS MEDICAMENTOS E OS SEUS EFEITOS PRESTAM-SE ÀS MAIORES CONFUSÕES

> ● Ando a tomar o Esperma Canulado - Espasmo Canulase
> ● Tenho cataratas na vista e ando a tomar o Simião – Sermion
> ● Andei a tomar umas injecções de Esferovite – Parenterovit
> ● Era um antibiótico perlim pim pim mas não me fez nada – Piprilim
> ● Agora estou melhor, tomo o Bate Certo – Betaserc
> ● Tomo o Sigerom e o Chico Bem - Stugeron e Gincoben
> ● Ando a tomar o Castro Leão – Castilium
> ● Tomei Sexovir – Isovir
> ● Tomo uma cábulas à noite.
> ● Tomei uns comprimidos jaunes, assim amarelados
> ● Tomo uns comprimidos a modos de umas aboborinhas.
> ● Receitou-me uns comprimidos que me põem um pouco tonha.
> ● Estava a ficar com os abéticos no sangue.
> ● Diz lá no papel que o medicamento podia dar muitas complicações e alienações.
> ● Quando acordo mais descaída tomo comprimidos de alta potência e fico logo melhor.
> ● Ó Sra. Enfermeira, ele tem o cu como um véu. O líquido entra e nem actua.
> ● Na minha opinião sinto-me com melhores sintomas.

O QUE OS DOENTES PENSAM DO MÉDICO 



> ● Também desculpe, aquela médica não tinha modinhos nenhuns.
> ● Especialista, médico, mas entendido!
> ● Não sou muito afluente de vir aos médicos.
> ● Quando eu estou mal, os senhores são Deus, mas se me vejo de saúde acho-vos uns estapores.
> ● Gosto do Senhor Doutor! Diz logo o que tem a dizer, não anda a engasular ninguém.
> ● Não há melhor doente que eu! Faço tudo o que me mandam, com aquela coisa de não morrer.

EM RELAÇÃO AO DOENTE O HUMOR DEVE SEMPRE PREVALECER SOBRE A SISUDEZ E O DISTANCIAMENTO.

> Senão, atentem neste clássico
> - Ó Senhor Doutor, e eu posso tomar estes comprimidos com a menstruação?
> Ao que o médico retorque:
> - Claro que pode. Mas se os tomar com água é capaz de não ser pior ideia. Pelo menos sabe melhor.

(Esta veio do FerreirAmigo)

BOA SEMANA!!