30 de novembro de 2011

Não há alternativas para os sacrifícios que estão a ser pedidos aos portugueses.....talvez.


Confesso que não consigo compreender a posição do Governo português.
O Governo apresentou no Parlamento o Orçamento mais duro de que há memória.
Com medidas terríveis, difíceis de explicar e aceitar.
Porque não havia outro caminho, não havia alternativas, aquele cenário dantesco era obrigatório.
Mas eis que, de repente, esta obrigatoriedade, este caminho único, abre-se a propostas vindas do PS, do PCP, até do Bloco de Esquerda.
Afinal, como é?
- Havia espaço para negociação e alterações, e os governantes portugueses apresentaram aquele Orçamento para dar face aos partidos da oposição, especialmente o PS, o que constitui uma enorme leviandade?
- Ou não havia mesmo espaço para ajustes, mas os governantes portugueses querem apaziguar ânimos, no Parlamento e na rua, o que constitui uma enorme irresponsabilidade?
Entre uma e outra, venha o Passos Coelho e escolha!

Do que um macho é capaz...


O que

um cara é capaz

de fazer para pegar

um rabinho diferente...





O que vale na mulher é ter um bom coração ...

Suponho que concordarão comigo em afirmar que, todo homem deve tocar o coração de uma mulher!

"Sempre achei que todo homem deve se preocupar em tocar o coração das mulheres.

E deve procurar sempre mulheres que tenham um grande coração!

Não basta ser bonita, glamourosa, rica, cheia de joias e de roupas finas.

O que vale na mulher é ter um bom coração!

Reflictam comigo e dirão que tenho razão..."




  

PRA RIR UM POUCO (8)



Num dia de muito calor, o marido sai do banho pelado, chega pra esposa e fala:

- Meu bem, está muito quente....o que você acha que os vizinhos vão dizer se eu for cortar a grama assim, completamente nu?

A mulher olha pra ele e responde:

- Provavelmente, que eu casei com você só por dinheiro

E agora os anos 70 (239)


Também de 1969, uma das minha baladas favoritas da canção de Coimbra.
E um poema excepcional!

29 de novembro de 2011

Sondagens, imprecisões e diplomas


Quase diariamente, somos confrontados com sondagens, auscultações, estudos de opinião.
Tudo muito "científico".
A última (não afirmo peremptoriamente que não haja outras...) informa-nos que mais de 40% dos actuais trabalhadores ligados à Administração Pública dominam a língua portuguesa.
Com o devido respeito, premito-me duvidar.
Se me disserem que mais de 40% dos funcionários públicos têm diplomas que atestam o seu domínio da língua portuguesa, eu até concedo.
Mas, como é óbvio, há uma enorme diferença entre possuir diplomas e efectivamente dominar a língua.
Em que é que ficamos??

A "Suite 605" na Madeira, uma denúncia muito séria.


Siga este link para ficar a conhecer o que se passa no paraíso fiscal da Madeira, quem o utiliza, como.
Revelações bombásticas contidas em livro, apresentado pelo autor.
As teias que se tecem na "Suite 605".
Vale a pena ver. 

PRIMADO DA EDUCAÇÃO - Aluno do 9ºano, da EB 2/3, Espinho

A pergunta que se impõe é: como é que um nabo destes chegou ao 9º ano, antigo 5º ano ?

E de quem é a culpa? Dele, dos professores ou das reformas a esmo e sem critério feitas na educação?

A resposta parece-me óbvia.


É pena não se saber o nome do aluno. Só para vermos se daqui a uns anos é governante deste rectângulo à beira-mar plantado chamado Portugal!!! Vai no bom caminho!!!

Na eventualidade de ter alguma dificuldade na interpretação da resposta do aluno, que se segue, a seguir vai a transcrição possível sobre a opinião do mesmo sobre O PAPEL DA ESCOLA na formação dos cidadãos:


Tradução:

O papel da escola eu axo que é igual a um papel qualquer de imprensa A4. E de certeza que é. tem a mesma grossura e tudo. Agora se estão a falar, por exemplo, das folhas de Teste que é uma folha A3 duberada ao meio fazendo duas folhas A4, axo melhor que as folhas de teste sejam assim do que só uma folha A4, essas fichas que os professores dão são sempre folhas de formato A4 ou de formato A5 . Os testes As professoras metem sempre folhas de formato A4 mas quando são mais as professoras agrafam sempre as folhas e nunca fazem teste com folhas formato A5. Por isso eu axo que as folhas desta escola são iguais às das outras escolas ou de outras empresas.

Sem palavras...

Natal de 2011

FELIZ NATAL 2011

Este Natal estamos de Tanga (ou este Natal é uma Tanga).

É oficial. Este ano não há presépio:

- A vaca está louca e não se segura nas patas;

- Os Reis Magos não podem vir porque os camelos estão no governo;

- A Nossa Senhora e o São José foram meter os papéis para o rendimento mínimo;

- O Tribunal de Menores ordenou a entrega do Menino ao pai biológico;

- A ASAE fechou o estábulo por falta de condições e …

Sobrou o burro que passou a dormir ao relento ;-)



PRA RIR UM POUCO (7)


Uma senhora vaidosa pergunta a um senhor sincero:

- Que idade o senhor me dá?

- Bem... pelos cabelos, dou-lhe vinte anos, pelo olhar, dezenove, pela sua pele, dezoito, e pelo seu corpo, dezessete anos!

- Hummm, mas como o senhor é lisonjeador!

- Nada disso, sou sincero... Agora espere que vou fazer a soma.

E agora os anos 70 (238)

Os comentários deixados ao post acerca do reconhecimento do Fado como património imaterial da Humanidade inspiraram as escolhas para o resto da semana - a canção (fado) de Coimbra.
A começar em 1969 com uma melodia que ouvi centenas de vezes em casa.

28 de novembro de 2011

Fado reconhecido como partimónio imaterial da Humanidade


A decisão do comité intergovernamental da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), tomada em Báli, foi a expectável - o Fado é reconhecido como património imaterial da Humanidade.
Cito o jornal "Público" -  A partir de agora, o fado não é apenas a canção de Portugal, a canção de Severa, Marceneiro, Amália, Carlos do Carmo, Camané, Ana Moura e Carminho - é um tesouro do mundo. Um tesouro que fala de Portugal, da sua cultura, da sua língua, dos seus poetas, mas que também tem muito de universal nos sentimentos que evoca: a dor, o ciúme, a solidão, o amor.
Habituei-me a ouvir fado lá em casa desde muito pequenino.
Mas, nestas questões do fado, expressão genérica, manda o rigor que se distinga a canção de Lisboa da canção de Coimbra.
Em casa, habituei-me a ouvir, sobretudo, a canção de Coimbra.
Tão próxima da boémia ligada à Universidade quanto do protesto político e social.
E tive o prazer de ver actuar em minha casa alguns cultores da canção de Coimbra.
Sempre na semana seguinte à Páscoa e por ocasião da festa dedicada a Nossa Senhora dos Milagres.
Essas memórias estão gravadas, não só na minha memória, como em fita magnética, na casa lá em Portugal.
Tudo terminou quando o meu avô materno faleceu.
Mas não foi esta vertente, a canção de Coimbra, que a UNESCO agora reconheceu.
O que os peritos da UNESCO reconheceram foi a canção de Lisboa, o fado castiço, nascido e cultivado nas ruas e nas tascas de Alfama, da Mouraria, com o Tejo ao fundo e como fundo.
Que evoca todos os sentimentos que o "Público" refere e aos quais acrescento um tão português, tão nosso - a saudade.
A saudade dos marinheiros que partiam em longas viagens e daqueles que ficavam em terra aguardando o seu regresso; a saudade daqueles que tinham que abandonar o País para fugir a uma guerra estúpida e a um regime opressor; a saudade daqueles que tinham que abandonar o mesmo País em busca de um melhor presente, e de um melhor futuro, para si próprios e para os seus filhos; a saudade de um passado glorioso e de um futuro que se quer sempre acreditar que terá de ser melhor.
São todos estes sentimentos que o Fado exprime.
Nas melodias que se cantam, nas palavras que se escrevem, no trinado único das guitarras que acompanham ambas.
Foram estes sentimentos, e a maneira como são expressos, que a UNESCO agora reconheceu como profundamente portugueses.
Mas que, sendo profundamente portugueses, são também merecedores de um reconhecimento universal na medida em que exprimem dimensões essenciais do ser humano.
Sentimentos aqui tão bem retratados por Amália e Pedro Homem de Melo.


Do futebol e outras merdas

Porto e Benfica continuam a par no topo da Liga ZON Sagres.
Agora com o Sporting a quatro pontos e o Braga já fora da corrida ao título.
Esta é a parte do futebol, a mais importante.
Depois há a parte das merdas - onde se fala de Pinto da Costa e dos seus sequazes, dos adeptos pirómanos do Sporting, do lado cretino e saloio de Jorge Jesus.




No Estádio do Dragão, Porto e Braga repetiram o resultado da última época (3-2).
Com este resultado, o Porto continua no topo da Liga, colado ao Benfica, ambos com mais quatro pontos que o Sporting.
E chega aos 50 jogos consecutivos sem perder na Liga.
No jogo de ontem, sem deslumbrar, o Porto ganhou bem.
Porque dominou o jogo, porque soube dar continuidade ao bom trabalho de Donetsk.
Muito alicerçado na genialidade de Hulk, o futebol do Porto foi, sobretudo, consistente.
Até aos cinco minutos finais.
Nesses cinco minutos, a ganhar por 3-0, passou-se da perspectiva de goleada à aflição.
O Braga marcou dois golos, assustou o Dragão, mas o jogo acabou.
A impressão que fica no final do jogo é que se está perante duas equipas ainda à procura de uma identidade própria, de um modelo de jogo, de estabilidade.
Neste processo, o Porto vai caminhando no topo.
Com tropeções, com sustos, mas no topo.
O Braga, se tinha aspirações a disputar o título, deve tê-las deixado definitivamente de lado no Estádio do Dragão.



No Estádio da Luz, com um ambiente fantástico (mais de 60 000 pessoas), o Benfica bateu o Sporting (1-0).
Num jogo equilibrado, com uma equipa do Sporting bem mais adulta que a da época passada, o Benfica ganhou o jogo porque, como é hábito nestes jogos, o pormenor foi importante.
E o pormenor foi uma entrada fulgurante de Javi Garcia a corresponder de forma superior a um canto marcado por Aimar.
Pormenores à parte, o Benfica acaba por merecer a vitória.
Porque dominou um pouco mais, porque foi eficaz.
Mas, se ainda havia dúvidas, anteontem ficaram dissipadas - este Sporting é forte, tem personalidade, bons jogadores, está muito bem dirigido e orientado.
Luta a três até ao fim decerto.

Do futebol para as merdas.
Por ordem cronológica.


Uma cambada de vândalos, ligados às claques do Sporting, pegaram fogo a cadeiras no Estádio da Luz.
Energúmenos que não podem entrar em estádios de futebol, que colocam em perigo a segurança de outros, que querem, e gostam, de ver futebol.
Até quando se vão tolerar estas situações?
Quando vão estes criminosos ser banidos dos estádios?



Dias depois de aqui ter elogiado Jorge Jesus, o treinador do Benfica decidiu mostrar o seu lado mais saloio, mais ridículo.
O Benfica de Jorge Jesus só é um modelo para....Jorge Jesus.
Com um ego maior que o Estádio da Luz, o treinador benfiquista deixa sair boca fora estas bacoradas anedóticas.
Já ouvi (muitas vezes!!) considerar o Barcelona um modelo; o Ajax (laranja mecânica) um modelo.
O Benfica de Jorge Jesus??
Só dá para rir!!



O que já não dá vontade de rir é a estupidez de Pinto da Costa e daqueles que o seguem.
A última vítima desta cambada foi um repórter da TVI.
Insultado por Pinto da Costa e agredido por aqueles que o rodeavam.
Tudo isto, no final do jogo com o Braga e porque (justificação??) estava onde não devia estar.
E, acrescento eu, relatou o jogo de uma maneira que não agradou ao staff portista.
Estes tipos são eternos?
Que tal mudar as caras??

Passávamos todos muito bem sem estas merdas!!!

WE ARE NOT IN THE MOODY'S - powered by Portugal

Monumento à passividade dos portugueses

Projecto do monumento a erigir na Peneda - Gerês, como forma de homenagear a posição dos portugueses perante as medidas de austeridade...
(não deixem de ver o post seguinte, o contraste)


PRA RIR UM POUCO (6)


Em Londres, marido e mulher se acomodam na mesa de um restaurante O garçom pergunta:

- O que os senhores desejam?

- Eu quero um filé mal passado! - responde o homem.

- Senhor..... tem certeza? E a vaca louca?

- Sei lá, pergunta aí pra ela....

E agora os anos 70 (237)

1976, Carlos do Carmo, para celebrar o reconhecimento do fado como património imaterial da Humanidade

25 de novembro de 2011

Para meditar (bom fim-de-semana!!)


11 expressões muito usadas pelas mulheres (já antes publicada mas nunca é demais):



1 - "Chega":

Esta é a palavra que as mulheres usam para encerrar uma discussão quando elas estão certas e tu tens que te calar.
 
2 - "5 minutos":

Se ela está a arranjar-se significa meia hora. "5 minutos" só são cinco minutos se esse for o prazo que ela te deu para veres futebol antes de ajudares nas tarefas domésticas.
 
3 - "Nada":

Esta é a calmaria antes da tempestade. Significa que ALGO está a acontecer e que deves ficar atento.. Discussões que começam em "Nada" normalmente terminam em "Chega".
 
4 - "Tu é que sabes":

É um desafio, não uma permissão. Ela está a desafiar-te, e nesta altura tens que saber o que ela quer... e não digas que não sabes!
 
5 - "Suspiro ALTO":

Não é realmente uma palavra, é uma declaração não-verbal que frequentemente confunde os homens. Um suspiro alto significa que ela pensa que és um idiota e que só está a perder tempo a discutir contigo sobre "Nada".
 
6 - "Tudo bem!!!":

Uma das mais perigosas expressões ditas por uma mulher.. "Tudo bem!!!" significa que ela quer pensar muito bem antes de decidir como e quando vais pagar na mesma moeda pelo que fizeste.
 
7 - "Obrigada":

Uma mulher está a agradecer, não questiones, nem desmaies. Apenas diz "de nada". A menos que ela diga "MUITO obrigada" - isso é PURO SARCASMO e ela não está a agradecer por coisa nenhuma. Nesse caso, NÃO digas "de nada". Isso apenas provocará o "Esquece".
 
8 - "Esquece":

É uma mulher a dizer "Vai-te ... !!"
 
9 - "Deixa estar, EU resolvo":

Outra expressão perigosa, significando que uma mulher disse várias vezes a um homem para fazer algo, mas agora está ela a fazer. Isto normalmente resulta no homem a perguntar "mas a final o que é que queres?" Para a resposta da mulher, consulta o ponto 3.
 
10 - "Sabes, estive a pensar...":

Esta expressão até parece inofensiva, mas usualmente precede os Quatro Cavaleiros do Apocalipse.
 
11 - "Precisamos ter uma conversa!":

Estás a 30 segundos de levar com um belo par de patins.

FRASES ILUSTRADAS SOBRE SEXO





















Vencimentos ... BOA !!!

G.N.R...............¤ 800,00 - Para arriscar a vida.

Bombeiro........¤ 960,00 - Para salvar vidas.

Professor..................¤ 930,00 - Para preparar para a vida.
Médico...............¤ 2.260,00 - Para manter a vida.
Deputado..............¤ 6.700,00 - Para nos lixar a vida.

PRA RIR UM POUCO (5)


A mulher diz, apavorada, ao amante:

- O meu marido está chegando!

- E agora, o que eu faço?

- Pule pela janela!

- Mas nós estamos no 13o. andar!

- Agora não é hora para superstições!

E agora os anos 70 (236)

Há dois novos seguidores no blogue.
Gostava de ver quem são.
O Blogger não permite.
I will try just a little bit harder :))



24 de novembro de 2011

Estou a gostar das Linhas de Acção Governativa para 2012


Estou a gostar muito destas LAG.
Há muitas ideias, imensos projectos, magníficas intenções.
Se estou a ler bem o respectivo relatório, agora "só" faltam o se, o quando e o como.

E esta, hein?


A frase que Fernando Pessa celebrizou é a que melhor ilustra o sentimento de perplexidade perante o que se tem passado no Grupo G desta edição da Champions.

Um Porto, de rastos, foi a Donetsk com todas as condições para perder o jogo, perder o treinador, ser afastado da Champions, eventualmente até das provas europeias.
Os deuses que haviam protegido o Benfica em Manchester devem ter feito horas extra.
E refinaram o trabalho para proteger o Porto no frio ucraniano.
Espero que não adiram à greve geral de hoje.
Para poderem proteger também o Sporting e o Braga.
Se não é pedir muito....
Em Donetsk, o Porto não foi brilhante (longe disso!), mas foi forte, consistente e teve a sorte do jogo.
Toda!
 Shakhtar (que desilusão!!) foi uma caricatura de equipa, os postes deram uma ajuda, e o auto-golo foi o golpe de misericórdia no débil Shakhtar.
Com os ucranianos fora das competições europeias, e o APOEL já apurado para os oitavos-de-final (até parece mentira!!), o Porto discute agora com o Zenit, no início do próximo mês, quem segue em frente na Chamipons e quem é repescado para a Liga Europa.
Não é preciso calculadora.
Só é preciso ganhar o jogo para seguir para os oitavos-de-final da Champions.
Com este resultado, Vítor Pereira sobrevive.
Até quando?
Um mistério que tem continuação no fim-de-semana.


Outros resultados e ponto de situação:

Com nove apurados (Arsenal, Leverkusen, Real, Bayern, Apoel, Benfica, Milan, Barcelona e Inter), a Liga dos Campeões tem ainda sete vagas na segunda fase por atribuir.

Grupo E

B. Leverkusen-Chelsea, 2-1
Valência-Genk, 7-0

Ponto de situação: Leverkusen apurado. Chelsea e Valência decidem a outra vaga em Stamford Bridge. Quem ganhar passa. Em caso de empate, o 0-0 serve ao Chelsea. O empate com golos apura os espanhóis.

Grupo F

Arsenal-B. Dortmund, 2-1
Marselha-Olympiakos, 0-1

Ponto de situação: Arsenal apurado em primeiro. O Marselha passa se vencer em Dortmund, ou se empatar e se o Olympiakos não vencer. O Olympiakos tem de ganhar e esperar que o Marselha não ganhe. O Dortmund passa se ganhar por três ao Marselha e o Olympiakos perder com o Arsenal.

Grupo G

Zenit-APOEL, 0-0
Shakhtar-FC Porto, 0-2

Ponto de situação: O APOEL está apurado e o Shakhtar afastado. O F.C. Porto já garantiu a Liga Europa e precisa de vencer o Zenit, por qualquer resultado, para ser apurado. O empate apura os russos.

Grupo H

Milan-Barcelona, 2-3
BATE Borisov-Viktoria Plzen, 0-1

Ponto de situação: Barcelona é primeiro e Milan segundo. O Plzen está muito perto da Liga Europa.

Em dia de greve geral, a crise olhada com humor














Barack Obama em imagens

"O DINHEIRO FAZ HOMENS RICOS; O CONHECIMENTO, HOMENS SÁBIOS; E A HUMILDADE FAZ GRANDES HOMENS!"